A importância dos canais de distribuição na exportação

operadores logísticos internacionais
O que é gestão de estoques?
julho 11, 2018
exportação direta e indireta
Exportação direta e indireta
agosto 30, 2018
Filtrar por: Filtrar por: Blog e Portfólio Tags Tags Blog Autores Autores Blog Exibir tudo

A importância dos canais de distribuição na exportação

canais de distribuição na exportação

A globalização dos mercados impôs uma nova realidade aos produtores locais, que precisam ampliar seus negócios para alcançar mercados cada vez mais longínquos e aumentar suas receitas. Tudo para sobreviver em um cenário de acirrada competitividade ao redor do mundo.

O que é gestão de estoques

Por isso, os empresários têm buscado os canais de distribuição, que nada mais são que um conjunto de organizações interdependentes envolvidas no processo que visa tornar disponível um produto ou serviço para o consumo. Desta forma, é possível fornecer o produto ou mesmo o serviço de diferentes formas e em diversos locais.

Os canais vão variar de acordo com a visão estratégica da companhia e também com o volume e a complexidade de seus negócios. Isso porque, quanto maior for a cadeia de produção e quanto mais atores ela envolver, mais complexos se tornam esses meios de distribuição.

Para compreender melhor os canais de distribuição e seus níveis, vamos tomar como exemplo uma empresa que fabrica eletroeletrônicos. Ela pode possuir sua própria loja e uma virtual, pela internet. Assim, o canal seria apenas em dois níveis: fábrica e cliente final. Mas a companhia também pode vender seus produtos para supermercados ou hipermercados. Desta forma, acrescentaria um nível intermediário entre a indústria e o consumidor.

Também é possível a empresa vender para uma rede de atacadistas, que poderia usar três ou mais canais de distribuição e com níveis distintos em cada um deles. Na perspectiva do cliente, seriam maneiras variadas de acessar a marca: supermercado, loja do bairro ou pelo site.

Para o sucesso desse tipo de trabalho em vários canais de distribuição é fundamental que exista um planejamento bem definido e um cuidado extremo, já que cada país possui regras e particularidades bem específicas, podendo variar de um Estado para outro. Isso vai impor, por exemplo, canais especiais a cada país, que atentem e respeitem suas próprias lógicas.

Entretanto, existem outras companhias que evitam diversificar seus canais de distribuição ao vender em menos países, fazendo com que, por outro lado, obtenham maior controle do próprio produto e do contato da marca com a clientela daquelas localidades. Essa estratégia permite um gerenciamento mais próximo, ajudando para que a empresa seja vista da mesma forma no Brasil e fora dele.

Enfim, uma empresa pode ter vários canais de distribuição, ampliando o alcance de seus produtos em diversos países, ou então focar suas ações em um trabalho dedicado e exclusivo. O importante, no caso, é que a proposta adotada esteja alinhada ao perfil da instituição, bem como à sua estratégia, e que haja uma análise antes do investimento em novos mercados ou produtos. Tudo isso vai proporcionar que os canais de distribuição façam o seu trabalho de modo a ajudar na expansão dos negócios.

Para saber mais sobre canais de distribuição, clique neste link e mande uma mensagem para a equipe do Grupo Flipper. Nossos profissionais especializados estão à disposição para auxiliar você e sua empresa em todas as etapas dos processos de importação e exportação.