crescimento nas importações
Crescimento nas importações
dezembro 3, 2019
tarifa importação China
Tarifa de importação da China sobre alguns produtos sofre corte
dezembro 23, 2019
Filtrar por: Filtrar por: Blog e Portfólio Tags Tags Blog Autores Autores Blog Exibir tudo

Comércio exterior em 2020

comércio exterior em 2020

Segundo análise da CNI (Confederação Nacional da Indústria), são boas as perspectivas para o comércio exterior em 2020.

Apesar da opinião pública não ser totalmente favorável aos primeiros meses de mandato do presidente Jair Bolsonaro, foram registados avanços no que se refere ao comércio exterior.

Fatos que sinalizam a melhora

O principal acontecimento que sinaliza essa melhora são os resultados práticos do acordo comercial assinado pelo Mercosul com a União Europeia.

Além disso, o apoio que o governo norte-americano prometeu dar à entrada do Brasil na OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

Há também o fim da cobrança de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) no câmbio sobre exportações.

Assim como a assinatura do acordo com o Uruguai para evitar a bitributação.

Números de 2018 e 2019

Dessa forma concluímos que a partir de 2020 a balança comercial supere os números de 2019 e 2018.

Segundo a previsão dos analistas do Boletim Focus, do Banco Central, 2019 deverá registrar um superávit em torno de US$ 50,8 bilhões.

Enquanto que 2018 foi registrado um superávit de US$ 58,7 bilhões.

Segundo dados da Secretaria Especial de Comércio Exterior do Ministério da Economia, as importações em 2018 subiram 20,2% com US$ 181,2 bilhões (o maior desde 2014).

Já as exportações cresceram 9,6% alcançando US$ 239,5 bilhões (a maior cifra dos últimos 5 anos).

Porém, no primeiro semestre deste ano, não foi verificado um crescimento tão grande.

A queda do preço de diversos commodities afetou os números das exportações.

Enquanto que as importações registraram evolução inferior ao mesmo período do ano passado.

Mesmo assim, o superávit foi o terceiro melhor da história para o primeiro semestre, de US$ 27,13 bilhões.

Só perde para os seis primeiros meses de 2018 (US$ 30,02 bilhões) e de 2017 (US$ 36,21 bilhões).

Perspectivas para 2020

Com a colocação em prática da legislação prevista no Programa de Estímulo ao Transporte de Cabotagem (BR do Mar), que consiste numa medida provisória que pretende tornar a cabotagem um modal mais competitivo em relação aos transportes aéreo e rodoviário, estima-se que deverá crescer a porcentagem de todo o comércio exterior a partir de 2020.

Uma das medidas para se atingir tal meta é a permissão da operação de navios com bandeiras de outros países.

Dessa forma haverá a redução do custo desse modal de cargas, embora isso possa acabar de vez com a indústria naval brasileira.

Haverá um incentivo às empresas exportadoras e importadoras para vender, produzir e comprar mais.

Isso graças à redução dos custos nas operações portuárias e no transporte costeiro.

Enfim poderemos esperar um reflexo positivo nos números do comércio exterior.

Conclusão

Podemos perceber que as expectativas para 2020 são positivas.

E o Grupo Flipper continua atualizado com todas as informações e alterações do mercado, para oferecer a seus clientes uma assessoria cada vez mais completa.

Se esse ano tivemos grandes mudanças em nosso setor, 2020 não será diferente.

E acreditamos que mudanças são sempre necessárias para que todos nós possamos aprender e contribuir para o crescimento do nosso país.