O impacto da crise brasileira no comércio exterior e como sair desse problema

regime especial de trânsito aduaneiro
Veja como o trânsito aduaneiro pode ser importante para o seu negócio
dezembro 28, 2017
o crescimento do comércio eletrônico
Comércio eletrônico: cenário internacional, regulamentação e inserção brasileira
Janeiro 5, 2018
Filtrar por: Filtrar por: Blog e Portfólio Tags Tags Blog Autores Autores Blog Exibir tudo

O impacto da crise brasileira no comércio exterior e como sair desse problema

crise brasileira no comércio exterior

As crises econômica e política que afetam o Brasil nos últimos anos têm impactado bastante o desenvolvimento e o crescimento de nossa sociedade e nossas empresas, afetando todos os setores, bem como toda a cadeia produtiva. No entanto, há alguns sinais que indicam que é possível obter resultados favoráveis e realizar bons negócios, mesmo atravessando águas turbulentas.

 

Confira o papel da logística no comércio exterior

 

E uma forma de continuar seguindo em frente é exportando as mercadorias e expandindo mercados. Ora, se no Brasil os investimentos estão escassos, então o jeito é capitalizar lá fora. E há mostras de que, mesmo em meio a esse cenário complexo, os negócios continuam sendo fechados.

 

Em 2017 as exportações brasileiras totalizaram, até o momento, US$ 209,5 bilhões, enquanto que as importações alcançaram US$ 145,2 bilhões, com um saldo positivo de US$ 64,3 bilhões, segundo informações do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

 

Esses números, que ainda não estão fechados, pois falta o complemento da última semana de dezembro, revelam um recorde positivo na balança comercial, muito em conta do crescimento sustentável das exportações, que já superaram 2014, 2015 e 2016 e estão perto de alcançar os números relativos a 2012 e 2013.

 

E a expectativa para 2018 também é positiva. De acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), espera-se que haja um superávit no comércio exterior brasileiro de US$ 54 bilhões no próximo ano. Essa projeção está na Edição Especial do Informe Conjuntural da Economia Brasileira, divulgada na última semana e que indica que o fluxo de comércio deve atingir US$ 400 bilhões, com expectativa de crescimento de 5,1% das exportações e de 15,2% das importações brasileiras.

 

Exportar é a solução para sair da crise

 

Tais números mostram que, apesar do momento ser complicado, é possível realizar bons negócios e continuar fazendo a economia girar por meio das exportações. Além disso, já se vislumbra um cenário mais positivo daqui para a frente, vários especialistas em mercado têm comentado a respeito dessa possibilidade.

 

De qualquer forma, a crise não deve ser um impeditivo para que a produção seja paralisada e que os negócios não sejam concretizados. Pelo contrário, exportar em época de crise tem se caracterizado como a melhor solução para superá-la.

 

As empresas precisam se preparar para esse momento e buscar alternativas, utilizando, por exemplo, algum dos regimes especiais que a Receita Federal tem proporcionado, fazendo com que superem esse período com um impacto e uma desconfiança menor. Tudo isso fará com que as organizações possam melhorar o posicionamento de seus produtos tanto no mercado interno como no externo.

 

E se sua empresa busca reduzir custos, melhorar as operações e potencializar seus ganhos com um trabalho profissional, procure a gente! O Grupo Flipper possui um time especializado para resolver qualquer questão relativa à importação e exportação de produtos. Clique aqui e converse com nossa equipe de especialistas!