portos europeus
Visita aos portos europeus
fevereiro 28, 2020
Coronavírus e os contêineres Reefer
Coronavírus e os contêineres Reefer
março 17, 2020
Filtrar por: Filtrar por: Blog e Portfólio Tags Tags Blog Autores Autores Blog Exibir tudo

Nova concessão de terminal no Porto de Santos

concessão de terminal no Porto de Santos

Após um disputado leilão, foi assinado o contrato de concessão de terminal no Porto de Santos,  STS20 dia 29 de janeiro de 2020, para a Hidrovias do Brasil S/A.

Com a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, diretores do consórcio e do diretor-presidente da autoridade portuária, Casemiro Tércio Carvalho, a cerimônia aconteceu na Codesp.

Com previsão que a empresa invista R$ 219,25 milhões no terminal, é esperada em primeiro lugar uma modernização da área.

O terminal

O terminal STS20, de fertilizantes e sal, possui 29 mil metros quadrados e está localizado na margem direita do Porto de Santos.

Além disso conta com três armazéns interligados por esteiras ao cais com acessos prioritários aos berços 22 e 23.

Com capacidade de armazenagem anual de 1 milhão de toneladas para sal e de 2,6 milhões de toneladas para fertilizantes, o terminal movimenta atualmente cerca de 50% do sal que chega e sai em nosso Porto.

O armazenamento dos insumos são de extrema importância para o país.

Os fertilizantes são utilizados para abastecer toda a cadeia agrícola da região central do Brasil.

Em relação ao sal, o insumo abastece várias cadeias da indústria nacional, sobretudo no estado de São Paulo.

Hidrovias do Brasil S/A

A Hidrovias do Brasil S/A irá operar a área destinada à movimentação de sal e fertilizantes.

A empresa já atua com logística de transporte hidroviário nos Rios Paraná, Paraguai e Uruguai e de fertilizantes e grãos no Norte do Brasil.

Geralmente, os leilões são vencidos por operadores do setor, mas dessa vez foi vencido por uma empresa que agrega a expertise de fundos de investimentos ao negócio.

Acima de tudo, é a primeira vez que a Hidrovias vai operar em um porto público.

O contrato

O contrato do STS20 tem duração de 25 anos, na qual a Hidrovias do Brasil S/A irá operar.

O leilão aconteceu em agosto de 2019 e rendeu R$ 112,5 milhões em outorgas ao Governo Federal.

Investimentos

Estão previstos investimentos no terminal como obras de demolição e de construção de armazéns, instalação de balanças rodoviárias, reforço do cais público, derrocamento do berço de atracação, dragagem de aprofundamento e aquisição de equipamentos para descarregamento de navios e para o transporte de fertilizantes.

Com todo esse investimento, a previsão é que o Porto de Santos recupere cargas perdidas por falta de capacidade, conquistando assim mais espaço no mercado.

Sete novos terminais

Além dessa nova concessão de terminal no Porto de Santos, foi anunciado pelo Governo Federal a concessão de sete novos terminais portuários à iniciativa privada a partir do segundo semestre de 2020.

Com expectativa de investimentos ultrapassando R$ 1,3 bilhão, a decisão da concessão foi tomada durante reunião do Conselho do PPI.

No Porto de Santos serão dois terminais de granéis líquidos (STS-13 e STS-13A).

No Porto de Suape, Pernambuco, serão também dois, sendo um de veículos (SUA-XX) e um de contêineres (SUA-05).

Os outros três serão no Porto de Cabedelo, na Paraíba, sendo de combustíveis (AI-01, AE-10 e AE-11).

 

Leia também: O impacto do Coronavírus na economia e no Comércio Exterior.