eSocial será extinto
eSocial será extinto
julho 11, 2019
leilão de área portuária
Leilões de área portuária movimenta a semana
agosto 12, 2019
Filtrar por: Filtrar por: Blog e Portfólio Tags Tags Blog Autores Autores Blog Exibir tudo

Transporte internacional de cargas

transporte internacional de cargas

Entenda os principais desafios do transporte internacional de cargas.

São muitos os desafios quando se trata de transporte internacional de carga.

Alguns são incontroláveis e acabam comprometendo prazos de entrega e recolhimento de carga, aumentando a despesa com o frete.

Principais desafios do transporte internacional de cargas

O principal desafio sem dúvida refere-se à nossa malha viária.

A péssima Infraestrutura das estradas causam diversos transtornos ao transporte de cargas.

Isso acaba influenciando no custo do serviço, sua frequência, a disponibilidade, o peso da carga, os pontos de embarque e desembarque e a urgência na entrega.

Para encarar esses desafios as empresas precisam ter uma parceria sólida com uma transportadora.

Para isso é necessário buscar por empresas especializadas e eficientes para esse tipo de transporte, assegurando assim o serviço.

Outros desafios

O desequilíbrio do transporte de carga é imenso, já que vendemos mais mercadorias do que compramos nos países do Mercosul.

É necessário ficar alerta e buscar um equilíbrio para que não atrapalhe o objetivo de alcançar lucro com as operações.

A falta de infraestrutura de nossas estradas acarretam grandes dificuldades às transportadoras.

O envio de sua frota para a manutenção é constante, afetando assim o orçamento e a quantidade de veículos disponíveis aos seus clientes.

As paralisações de fronteiras requer que as empresas adotem medidas de suporte para tratar de despesas e prazos.

Isso porque a frota parada gera um custo extra com mão de obra, além do gargalo criado nos pontos de fronteiras, devido à reposição do transporte e ao período do mesmo paralisado.

A ineficácia do sistema de fiscalização no país propicia uma concorrência insidiosa, pelo fato de disputar com frotas irregulares, que raramente são punidas pela fiscalização.

Outra dificuldade encontrada é a seguridade da movimentação dos transportes, já que é preciso contratar serviço de seguro da carga e contra terceiros para evitar futuros prejuízos.

Cuidados para o Transporte Internacional de Cargas

1) Buscar transportadora de confiança

Como já falamos nesse artigo, ter uma transportadora de confiança é algo imprescindível para o sucesso do transporte.
Escolha uma empresa que tenha, além de expertise nos processos de exportação e importação, ofereça infraestrutura ideal para atender às suas demandas internacionais de forma eficiente.

2) Providenciar toda a documentação

Providencie e envie à transportadora todos os documentos pertinentes ao transporte de sua mercadoria, tais como:
DU-E- Documento Único de Exportação;
Nota Fiscal e Fatura Comercial;
Certificado de análises e origem (caso necessário);
Packing List (com as marcações, dimensões e peso real da carga detalhados);
Certificado de Fumigação (quando a mercadoria envolver madeira);
Qualquer outra documentação a ser apresentada pela Receita Federal do Brasil para liberação da carga.

3) Contratar seguros necessários

Agora é o momento de contratar os seguros necessários para o transporte internacional de cargas.
O transportador também deverá ter os seguintes seguros:

– RCTR-C
Seguro obrigatório por parte do transportador.
Cobre todo o território nacional.
Trata da responsabilidade civil por danos a terceiros, relacionado ao transporte rodoviário de cargas.

– RCTR-VI
Obrigatório apenas para quem realiza transporte internacional.
Também conhecido como Carta Azul, garante indenização por perdas ou danos sofridos pelos bens ou mercadorias de propriedade de terceiros que são transportados da origem ao destino final, desde que causados por: colisão, capotagem, abalroamento, tombamento, incêndio ou explosão do veículo transportador.

– RCF-DC
É facultativo.
Também conhecido como seguro de roubo, é uma espécie de complemento aos seguros de acidente.
Oferece indenização contra roubo de cargas transportadas e abrange roubo por ameaça grave ou violência.

– Carta Verde
Seguro obrigatório para veículos que ingressam em países do Mercosul.
Protege terceiros afetados por acidentes de trânsito no período da viagem.

4) Conferir mercadorias na entrega

Para finalizar o embarcador (contratante) precisa analisar e conferir todas as mercadorias entregues.
Verificar se estão em boas condições e se houve qualquer dano durante o trajeto.

Problemas com transporte internacional de cargas?

Fale com um de nossos consultores (13) 3213-6333